Seja o "eco" da SPECO

"Espero levar a Ecologia mais longe ao trazê-la para perto das pessoas que me rodeiam", o que levou Rúben Oliveira a ser em Eco da SPECO

 

A SPECO falou com Rúben Oliveira, novo Eco da SPECO, para saber o que o motivou-se a candidatar-se a esta iniciativa.

Depois da sua formação em Biologia, enveredou pela área da comunicação de ciência e organização de eventos que visem a educação não-formal de públicos especializados e não especializados em ciência. Desempenha estas funções na SPECO, no cE3c - Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Climáticas e no festival Pint of Science Portugal.

 

SPECO: De onde parte o Eco?

RO: Desde cedo que o meu interesse pelas áreas do ambiente e ciências naturais se fez notar. Felizmente, a minha curiosidade acerca da Natureza sempre foi satisfeita ao longo do tempo, o que acabou por culminar na minha decisão em tornar-me biólogo, para saber mais e ir mais longe. A minha formação em Biologia da Conservação permitiu-me não só enquadrar objectivamente a biodiversidade e ecologia no fascínio que já me despertavam, mas também acordar para a necessidade e importância de contribuir para que todos possam partilhar deste sentimento. Foi assim que abracei a comunicação de ciência e a construção da ligação entre a Ciência e a sociedade, como força motriz para a consciencialização e aproximação destes dois campos que só juntos poderão progredir.

 

SPECO: O que o motivou a candidatar-se?

RO: O facto da própria iniciativa ter como premissa o aumento da divulgação da SPECO e, portanto, de todas as causas que defende, que partilho, e que estão, sem dúvida alguma, na ordem do dia. O “Eco da SPECO” permite criar desafios conjuntos que motivem quer a SPECO, quer eu próprio, a fazer mais em prol dos nossos objectivos comuns. Sendo mais, e trabalhando juntos, acredito que tanto o “Eco” como a SPECO irão beneficiar desta relação, assim como todos os que aderirem e partilharem experiências connosco.

 

SPECO: Como espera levar a Ecologia mais longe?

RO: Espero levar a Ecologia mais longe ao trazê-la para perto das pessoas que me rodeiam. Irei procurar desenvolver iniciativas que permitam fascinar o público não-especializado com a Ecologia e com a Ciência em si mesma, de modo a promover a mudança de comportamentos e a adopção de atitudes mais conscientes para com os problemas ambientais que o mundo atravessa. A Ecologia agrega tantas oportunidades como desafios, e todos temos de saber interpretá-los da melhor forma, fazendo uso do conhecimento e de informação credível para formular opiniões e tomar decisões.