Iniciativas

Um passeio por entre as túlipas e as borboletas do Algarve

Nesta série “Passeios de Natureza”, na Wilder, descubra agora este percurso na Ribeira de Quarteira, em Albufeira (Algarve), pensado para que tire o máximo proveito do mundo natural. Esta é a segunda das três sugestões de Patrícia Garcia-Pereira, coordenadora da rede Estações da Biodiversidade, para esta Primavera.

Leia o artigo completo: http://www.wilder.pt/divirta-se/um-passeio-por-entre-as-tulipas-e-as-borboletas-do-algarve/

Cientistas desvendam história dos tojos que ajudam a manter a costa portuguesa

Investigadores portugueses e espanhóis desvendaram 10 milhões de anos de evolução de três espécies de tojos, endémicas das zonas áridas da Península Ibérica e Norte de África. Estas plantas de flores amarelas ajudam a reter as areias nas dunas e melhoram os solos, realçam os investigadores.

Leia o artigo completo: http://www.wilder.pt/historias/cientistas-desvendam-historia-dos-tojos-que-ajudam-a-manter-a-costa-portuguesa/

Nova presidente

Maria Amélia Martins-Loução, investigadora do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais e docente da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, é a nova presidente da Sociedade Portuguesa de Ecologia.  

Maria Amélia Martins-Loução é a nova Presidente da SPECO

Maria Amélia Martins-LouçãoMaria Amélia Martins-Loução, investigadora do cE3c e Professora Catedrática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), é a nova Presidente da Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO). A investigadora lidera a nova equipa de Direcção, que foi eleita em Assembleia Geral por um período de três anos, no passado dia 20 de março 2017.

Está dada licença para construir no litoral alentejano

Critérios utilizados na delimitação da Reserva Ecológica Nacional nos concelhos de Alcácer do Sal e Grândola reduziram a área demarcada aos leitos e margens dos cursos de água e a uma faixa muito restrita da zona litoral, deixando lacunas graves nas zonas de recarga de aquíferos.

Leia o artigo completo: https://www.publico.pt/2017/01/15/local/noticia/reducao-drastica-da-reserva-ecologica-no-litoral-alentejano-coloca-em-causa-a-sua-eficacia-1758064

Porto: O paradigma da contaminação ambiental por microplásticos: o que sabemos, o que não sabemos e o que precisamos de saber

Parcerias: ICBAS, CIIMAR e outras
Data: 19 e 20 de Dezembro

Descrição: O objetivo central deste workshop é debater o paradigma da contaminação ambiental por microplásticos com especial destaque para a situação em Portugal, considerando diversas vertentes incluindo: metodologias para quantificação de microplásticos em amostras abióticas e bióticas, níveis de contaminação em ecossistemas portugueses, efeitos de microplásticos em organismos de diferentes níveis tróficos, interações entre microplásticos e outros poluentes, riscos para o ambiente e a saúde e bem-estar humanos, projetos de investigação em curso, atividades dirigidas à sociedade, entre outros tópicos. Espera-se que sejam identificadas questões/tópicos de investigação prioritária e ações com envolvimento societal a desenvolver a curto prazo.