El Club de Doñana comparece ante el Parlamento Europeo

Estimado lector/a:

El Club de Doñana, del cual soy cofundador, comparecerá en Bruselas este próximo miércoles 26 ante la Comisión de Peticiones del Parlamento Europeo.

Este pequeno país à beira-mar implantado

Falta aos cientistas exercer uma influência normativa mais directa, para explicar e exemplificar como actuar.

São poucos os dias do calendário que não têm significado ou um evento associado. É de tal ordem comum que o facto de a 22 de Abril se celebrar o Dia Internacional do Planeta Terra fica no esquecimento da maioria da população. E esta comemoração existe para nos consciencializar a cuidar da “Casa” que nos fornece bens e serviços. Não quer isto dizer que os media não tragam frequentes notícias alarmantes sobre os crimes ambientais que degradam o estado do nosso planeta. Esses crimes existem, mas têm muito menos impacto do que os outros, os económicos e políticos, que nos corroem o bolso e revoltam a alma.

 

Leia o artigo completo: https://www.publico.pt/2017/04/22/ciencia/noticia/este-pequeno-pais-a-beiramar-implantado-1769571

Gonçalo Rosa fotografa espécies em habitat natural há cinco anos

Um fotógrafo português está há cinco anos a fotografar mamíferos para uma exposição que dê a conhecer ao grande público esta classe de animais no seu habitat natural. Como muitas das espécies são noturnas e esquivas, Gonçalo Rosa fotografa-as com uma técnica especial. E entre os registos obtidos está uma espécie que nem sequer se sabia que ocorria em Portugal e outra que se julgava extinta no país.

Veja o vídeo: http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2017-04-14-Goncalo-Rosa-fotografa-especies-em-habitat-natural-ha-cinco-anos

 

Um passeio por entre as túlipas e as borboletas do Algarve

Nesta série “Passeios de Natureza”, na Wilder, descubra agora este percurso na Ribeira de Quarteira, em Albufeira (Algarve), pensado para que tire o máximo proveito do mundo natural. Esta é a segunda das três sugestões de Patrícia Garcia-Pereira, coordenadora da rede Estações da Biodiversidade, para esta Primavera.

Leia o artigo completo: http://www.wilder.pt/divirta-se/um-passeio-por-entre-as-tulipas-e-as-borboletas-do-algarve/

Cientistas desvendam história dos tojos que ajudam a manter a costa portuguesa

Investigadores portugueses e espanhóis desvendaram 10 milhões de anos de evolução de três espécies de tojos, endémicas das zonas áridas da Península Ibérica e Norte de África. Estas plantas de flores amarelas ajudam a reter as areias nas dunas e melhoram os solos, realçam os investigadores.

Leia o artigo completo: http://www.wilder.pt/historias/cientistas-desvendam-historia-dos-tojos-que-ajudam-a-manter-a-costa-portuguesa/

Nova presidente

Maria Amélia Martins-Loução, investigadora do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais e docente da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, é a nova presidente da Sociedade Portuguesa de Ecologia.  

Maria Amélia Martins-Loução é a nova Presidente da SPECO

Maria Amélia Martins-LouçãoMaria Amélia Martins-Loução, investigadora do cE3c e Professora Catedrática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), é a nova Presidente da Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO). A investigadora lidera a nova equipa de Direcção, que foi eleita em Assembleia Geral por um período de três anos, no passado dia 20 de março 2017.

Está dada licença para construir no litoral alentejano

Critérios utilizados na delimitação da Reserva Ecológica Nacional nos concelhos de Alcácer do Sal e Grândola reduziram a área demarcada aos leitos e margens dos cursos de água e a uma faixa muito restrita da zona litoral, deixando lacunas graves nas zonas de recarga de aquíferos.

Leia o artigo completo: https://www.publico.pt/2017/01/15/local/noticia/reducao-drastica-da-reserva-ecologica-no-litoral-alentejano-coloca-em-causa-a-sua-eficacia-1758064