© Pedro Pinho
© Albano Soares
© Paula Gonçalves
© Rui Félix
© Paula Gonçalves
© Pedro Pinho

Quem Somos

A Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO) é uma sociedade científica.

Constituída em Dezembro de 1995, a SPECO veio proporcionar o espaço onde os ecólogos podem e devem interactuar, reforçando a ciência ecológica na sua interdisciplinaridade. Pretendemos ser uma comunidade científica dinâmica, cada vez mais desperta e participativa nas questões sociais. 

A SPECO dirige-se a todos os que utilizam a ciência ecológica como base para a conservação da natureza, a gestão ambiental, e aqueles que desenvolvem actividade científica ou tecnológica no âmbito da Ecologia e desenvolvimento sustentável tendo vindo preencher uma constatada lacuna na comunidade científica nacional, uma interface entre diferentes áreas. Embora jovem, face às suas congéneres na Europa, constituiu desde logo fórum de ideias e de animadas discussões no âmbito das conferências, workshops e debates que promoveu ou apoiou, e nas diversas iniciativas que tem vindo a realizar.

  • É membro da European Ecological Federation Ecological Federation
  • Encontra-se inscrita no Registo Nacional das Associações de Defesa do Ambiente (APA).
  • Tem participado em diversos encontros e colóquios e dado pareceres no âmbito das suas actividades enquanto Organização Não-Governamental de Ambiente (ONGA).

Desde a sua fundação, a SPECO tem visto crescer o número dos seus associados de uma forma que evidencia bem a adesão da comunidade científica e técnica e reflecte a vitalidade com que tem promovido diferentes actividades.

O crescimento médio anual nos 4 primeiros anos foi exponencial. Actualmente a SPECO conta com um número apreciável de sócios para uma sociedade científica nacional, cerca de 500.

 

O que propomos

  • Promover o conhecimento da Ecologia, nos domínios da investigação e ensino.
  • Estimular as interacções dos investigadores nacionais e internacionais e promover a interdisciplinaridade. 
  • Promover a aplicação dos princípios ecológicos ao desenvolvimento, utilização e conservação dos recursos naturais. 
  • Colaborar com entidades, oficiais ou privadas, nacionais ou internacionais, no desenvolvimento e implementação de soluções ecologicamente adequadas para os problemas ambientais. 
  • Canalizar fluxos de informação relacionados com Ecologia. 
  • Sensibilizar os cidadãos para as questões ecológicas contribuindo para uma sociedade mais participativa. 
  • Promover o elo de ligação entre os cidadãos e o governo, para os assuntos da conservação, ciência e política educacional.

 

O que fazemos

  • Organização de um Encontro Nacional de Ecologia, com a participação de ecólogos das diferentes áreas.
  • Publicação do livro de resumos dos Encontros Nacionais de Ecologia.
  • Publicação quadrimestral de uma revista científica online (Ecologi@).
  • Organização de Conferências, seminários e debates.
  • Atribuição de subsídios a estudantes e jovens investigadores para participação em reuniões científicas.