top of page
  • Foto do escritorSPECO

Ambientalistas fazem queixa a Bruxelas. Contestam abate “excepcional” de pombo-da-madeira



Transcrição parcial do artigo: "A SPEA — Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, juntamente com outras 7 associações de protecção do ambiente, enviou uma queixa à Comissão Europeia, alertando para o abate supostamente “excepcional” de pombo-da-madeira que “há 12 anos consecutivos mata uma espécie que não existe em mais nenhum local do Mundo, violando legislação europeia”.


Na queixa, as organizações de ambiente (SPEA, ANP|WWF, GEOTA, FAPAS, LPN, Quercus, SPECO e ZERO) salientam que “este abate anual, pela sua dimensão relativamente à população estimada da espécie e porque decorre há já 12 anos consecutivos, não tem um carácter extraordinário ou pontual de correcção de efectivos como argumenta a Administração Regional”.


Ler todo o artigo aqui.

11 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comentários


bottom of page