top of page
  • Foto do escritorSPECO

Sustentabilidade no Algarve - adaptação à escassez de água - Posição da PAS

Comunicado de Imprensa

Sustentabilidade no Algarve - adaptação à escassez de água


A Plataforma Água Sustentável (PAS) considera que as medidas oficiais até agora anunciadas são contraditórias, pouco eficazes, estão desfasadas no tempo e são desajustadas.











Para além das medidas estruturais que têm vindo a divulgar, a PAS propõe as seguintes medidas concretas imediatas:

1. Diminuição das necessidades de consumo através de:

a. Uso de água residual tratada (ApR), para rega, lavagem e todos os outros fins compatíveis com a sua qualidade;

b. Incentivos à modificação de modos de produção agrícola (substituição de monocultura intensiva por policultura, agricultura regenerativa, entre outros);

c. Substituição de relvados e jardins regados, por prados e jardins resistentes à seca;

d. Uso de águas de piscinas públicas para limpeza urbana e rega de espaços verdes.

e. Penalização de consumos excessivos dos consumidores públicos e privados (no preço ou na disponibilidade).


2. Dar prioridade à concretização de obras para diminuição das perdas de água nas redes urbanas e de regantes:

a. Obras de reparação e/ou substituição de condutas e outros equipamentos;

b. Manutenção adequada de condutas e outros equipamentos.


3. Dar prioridade à concretização da reutilização das águas residuais, para:

a. Consumo urbano - lavagem de ruas, rega de espaços verdes;

b. Consumo agrícola, controlando a qualidade da água.

Complementarmente, deve criar-se legislação que obrigue à separação das águas cinzentas, nas novas construções.


4. Monitorização e avaliação sistemática de todos os consumos:

a. Identificação das captações não licenciadas;

b. Instalação de contadores de água em todos os furos (públicos e privados).


Faro, 8 de Fevereiro de 2024


P'la Plataforma Água Sustentável.



+ ecoinfo |



Saudações ecológicas.

21 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page